Depois do petróleo, os diamantes constituem o principal produto que Angola exporta. As principais reservas de diamantes estão localizadas no nordeste do País, região onde o produto conhece grande pureza e excelente qualidade.
 Afectada pelo conflito militar, a indústria de exploração de diamantes aguarda pela aprovação de uma nova legislação, com a qual o Governo pensa regular essa actividade de forma a poder canalizar para o país os lucros resultantes da sua exploração.
 Descobertos em 1912, os diamantes começaram a ser explorados cinco anos depois. Até ao fim da segunda guerra mundial constituíram a base da principal exportação de Angola, altura em que o café ganhou a dianteira.
 A produção angolana de diamantes caracteriza-se pela sua abundância e grande qualidade. De facto, mais de 70% dos diamantes descobertos são de grande qualidade, o que tem conferido ao País o direito de figurar entre os principais países produtores.